Peixes verdes



Não Mergulhes nos meus olhos, não são eles os peixes verdes que procuras. Aqui habitam as gastas pontes doutrora, suspensas sobre arcaicos lagos turvos que teimosamente sobrevivem estéreis na névoa engolida em transparência de águas de Novembro.

Não fundeies nos meus olhos, extingue o querer sem brilho da madrugada, segue no perfeito alinhamento das margens do rio
tens a estrada pronta
adiante inventarás águas limpas e peixes matizados pelas cores da esperança.

Serão verdes? Talvez sim.

Aqui não estão de certeza.

9 comentários:

M. disse...

resta amar na transparência esmeralda. dos olhos. peregrinos
fragmentos de pautas

este é o pedaço que nasce da lagoa verde. é que o significado desta lagoa é imensissimo. creio que alguém o há-de descobrir se a olhar na transparência verde. o meu amor está ali no fundo, gravado nas pedras.

beijo

Frederico Almada disse...

Eu já poeta não sou...


Eu já poeta não sou...
Calei a voz que me saía do coração
Sequei a fonte que sangrava,
Palavras poemas... louca paixão
E os caminhos por onde vou
Não sendo os que desejava
Não serão trilhos de mágoa,
Antes os da superficialidade da vida
E, não olhando a minha imagem
Reflectida na água
Que passa por debaixo da ponte
Onde me sento e descanso
Olho o que foi um ribeiro manso
E que agora corre veloz e forte
De encontro ao mar
Que o aguarda de braços abertos
E onde encontrará a morte
Mas que para ele caminha
E se funde numa perfeita união
E eu que deitei naquele ribeiro
As minhas palavras poemas,
As minhas mágoas...
Palavras que eu não voltarei a cantar
Apenas a nostalgia enche o meu olhar
Quando olho para a imensidão
Daquelas águas onde o meu ribeiro
Tão voluntarioso vai desaguar
Levando com ele as minhas lágrimas
Sepultando nele a minha canção!

Eric All

2008-01-27

A cada um as suas águas, os seus rios e as suas pontes.
Estas são as minhas pontes e os meus rios e as minhas águas são cristalinas.

Um beijo

Eric All

Estrela do Sul disse...

Peixes, agua e amor. Uma bela combinação, amiguinha.

"Amizade verdadeira é
difícil de encontrar,
díficil de largar e,
impossível de esquecer"

Uma óptima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Nuno de Sousa disse...

Excelente registo Crystal, belo texto junto com uma foto da nossa amiga M. um belo verde e com um texto bem escrito, gostei de aqui estar... já apetecia mergulhar nesse bocadinho... onde fica?
Vi agora o comentário da M. uma lagoa verde hummmm, tenho de ir à descoberta dela :-)
Bjocas enormes
Nuno de Sousa

Ni disse...

E em vez de peixes tenhas nos teus olhos duas grandes árvores? Verdes e robustas! Fortes e cheias de flor e ramos para abraçar todos os pássaros que pretendem entrar neste Mundo cheio de esperança!
Sim... Porque a água corre para outros Mundos, não é fiel ao seu sítio, é escorregadia! Tu tens raízes que te fazem ser de onde nasceste, ramos e altura que te fazem ver e alcançar mesmo o que está mais longe da nossa vista!

Um beijinho doce, minha Crys...

Lyra disse...

E será que é possível NÃO mergulhar nos teus olhos?

Beijinhos e até breve.

;O)

Crystal disse...

m. o teu amor está gravado em cada letra que escreves e com que me presenteias...mais palavras para quê? Ando a tornar-me repetitiva rsrsr

Bju


Eric

"Eu poeta já não sou..."

Lembras-te deste?

"Não há fuga para quem tem no sangue a escrita! "

Foi para mim, mas é, antes do mais e sempre, para ti próprio.Nunca deixarás de ser poeta e mais, eu nunca deixarei de admirar a tua poesia venha ela em forma de palavras ou de imagens.

Porque as minhas águas também são cristalinas e a tua imagem está sempre nelas reflectida.

Um beijo para ti e obrigada por estares, uma vez mais

Crystal disse...

Mário,obrigada pela tua constante e sempre amorosa presença. Beijinho para ti


Nuno, até eu mergulhava , rsrs
Vamos fazer um cardume? Eu, tu, a m. e todos os outros que nos quiserem acompanhar. Nada mal pensado, heim?

Obrigada pela tua presença, ainda não esqueci o que te devo. Bj

Crystal disse...

Oh ni, tu deixas-me sem palavras menina...Um ramo dos meus abraça-te com força...


lyra, que bom que pensas que não, rsrsr

Beijo ternurento para outro coração doce

 
©2009 Amêndoa Amarga | by TNB