Fogo


Arde-me o coração ao pensar-te, meu pecado
brilham-me nos olhos as lágrimas
companheiras da transgressão

aliviam-me a agonia de não te ter
de tanto te querer
de te desejar no limiar da angustia
de te amar no desespero do meu medo
de respirar no profundo do teu ser

Arde-me o coração meu amor

9 comentários:

Pinipom disse...

«Arde-me o coração meu amor», é o calor da saudade que te faz arder o coração tao meigo e unico...

beijo solto

Neia

M. disse...

O maior ardor sente-se no olhar a chama. as labaredas são hipnotizantes, viciam o olhar. O toque é que pode ser perigoso. Mas se fosse possível atravessá-lo sem queimaduras seria ele tão cheio?

metaforizando..

Gosto-te. Meu amor.

Ni disse...

E esse arder é tão bom de sentir! Aquela dor a que nos damos por prazer sem saber, sem recordar o quanto magoa... E vezes sem conta aceitamos pois a memória não tem lugar para a mágoa.

Coração cheio de saudades e um sorriso doce das tuas palavras :)

joão marinheiro disse...

já falamos sobre as palavras não já?...
abraços do mar

quanto pesa o vento? disse...

aquece-me a alma o calor das tuas palavras.

abraço.

Jorge Bicho disse...

Que belo poema de amor
um beijo
JB


PS - tão bom visitar esta casa. sente-se um cheiro delicioso, vou andar por aqui

Laura disse...

Muito bonito!

sagher disse...

lindo poema, de uma poetisa grande

Ang3ll disse...

Encontrei-te!! :D

Poema lindo... Tu és linda!

Beijos nossos... Mua!! :D

 
©2009 Amêndoa Amarga | by TNB