Queres um café?

Procuro-me nas palavras soltam que marcam

nas cores, odores, sabores

e nos passos...

No som da chuva que cai e da musica que toca …

Volto para ti assim que me encontrar

8 comentários:

Ni disse...

Por momentos, enquanto procuramos os outros, e desesperamos por não os conseguirmos encontrar...
Será que já nos encontramos. No nosso intímo, será que nos vemos como somos? Que estamos prontos a olhar para dentro...
Por vezes, encontramo-nos nas coisas mais simples. E essas coisas sim, podem ter sido deixadas por outros em nós!

Aceitava um café quentinho contigo, mesmo sabendo que não gosto de café! Só para o teus sorriso aquecer a minha alma que por vezes gela de tanto calor passar aos outros!

Beijinho cheio de carinho, cheio como o café***

sagher disse...

um belo poema de regresso ao ponto de abandono

Pinipom disse...

eu Quero:
um cáfé doce e sem mágoa
sem dor
com lágrimas de alegria
e de sorrisos espontaneos
de abraços sentidos
e olhares perfumados
palavras amigas
e despedidas curtas
a desejar um BREVE ATE JÁ

que te encontres, e que voltes assim...
pra saborear-mos o Café doce da Alma =D

beijo doce
e ao som da chuva e com o sabor do frio nos lábios!e a café

Neia

Lyra disse...

Gosto muito de te ler!

Um excelente fim-de-semana para ti.

Beijinhos e até breve.


;O)

Lyra

Lyra disse...

Gosto muito de te ler!

Um excelente fim-de-semana para ti.

Beijinhos e até breve.


;O)

Lyra

Walter disse...

Adorei...há tantos cafés por tomar!:)

Ekaterina disse...

O bom é haver alguém para procurar ...

Lyra disse...

Venho desejar um Feliz Natal, cheiínho de prendinhas e um Excelente 2009, replecto de carinho, boa disposição e sucesso!

Beijinhos de Boas Festas

Lyra

;O))))))

 
©2009 Amêndoa Amarga | by TNB