Fascinas-me.



Nunca o saberás
nos cem anos de solidão onde te perdes
te encontras e te divides
as palavras
que não digo
serão sempre tuas.

13 comentários:

Pinipom disse...

belas palavras são estas que dizes...

beijo solto

Lira

joão marinheiro disse...

Palavras que queimam, essas por dizer...
beijo daqui junto ao mar.

Lúcia Machado disse...

Muito bonito!!

:)

Luis F disse...

Um belo momento, belas palavras para ler e reler...

Mergulhei no teu blogue, com a musica sonhei... e nas tuas palavras descobri o momento.

Beijos
Luis

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Nossa, poema lindo, entra na alma e faz com que eu acredite na força das palavras.
E a música não podia ser outra, é claro.
beijos

Lyra disse...

Lamentavelmente não me tem sido possível visitar este blog com tanta assiduidade quanta ele merece e que eu gostaria.
Fica, no entanto, a promessa de um regresso em breve para uma leitura pormenorizada.

Até lá ficam os desejos de tudo de bom e um excelente fim de semana.
Beijinhos e até breve.

;O)

P. S. - Nunca me esqueço de ti!

Frederico Almada disse...

Silêncios e cumplicidades.
Por vezes os silêncios são melhor entendidos que muitas palavras e se existir cumplicidade então as palavras pecarão por excesso e o silêncio ou omissão é muito mais eloquente e esclarecedor.

Um beijo

Eric All

Cruztáceo disse...

muito alto voas! bonito!

Irreal poem . disse...

Pequeno e bom (: Um enorme beijo AMENDOA *

Porcelain Doll disse...

As palavras que não se dizem são as mais importantes... sobretudo se em vez de se dizerem as dermos a sentir... as palavras têm fraca força perante os sentimentos...

Que lindo blog!! ...

:-))

Ni disse...

saudades...

Porcelain Doll disse...

Ihihih, o meu perfil é qualquer coisa que levo mesmo muito à letra... aquilo é mesmo assim!! Eeheheh, olha se és assim como eu então deixa-me dizer-te que és muita maluca ahahah!! ;-DD

Bjoka!!

Laura disse...

Lindo!

 
©2009 Amêndoa Amarga | by TNB